Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

"Os Pilares da Terra" (o livro do momento) e restantes tempos livres

 Sim, ando a ler a história de um carpinteiro que sonha em construir uma catedral. Comecei a ler ontem e perdi a noção do tempo em 130 páginas, acho que é um bom indicador. Comento no final deste primeiro volume (são dois ao todo).

 

Em termos de comics, já tenho a série completa do "Y - the Last Man", o trade do "Demo" e agora o primeiro volume do "Casanova" (thx Phil). Vão ser as minhas leituras de férias.

 

Coloquei de parte séries de televisão e filmes... completamente desactualizado.

 

Em breve vou falar da relação escaldante que tenho com a minha Wii.

Categorias:
Uma criação de Jorge às 11:57
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (3) |
Segunda-feira, 7 de Abril de 2008

História Interminável

O Nada está a consumir Fantasia, a única esperança reside para além das suas fronteiras. O problema é que Fantasia não tem fronteiras...

 

 

 

Adorei o livro (de Michael Ende), supera o filme em TUDO!

Categorias:
Uma criação de Jorge às 14:21
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (1) |
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

The Graveyard Book

"A book that is now three weeks late, and inside of which I'm somewhere hacking my way through the jungle of Chapter Seven."

Neil Gaiman 23-01-2008

 

 

 

Não me interessa se está atrasado, já captou a minha atenção! Num futuro próximo, as suas letras vão ser reconhecidas no meu cérebro, seremos companheiros de viagens em transportes públicos.

 

O que captou a minha atenção foi mesmo o autor, da história não sei nada. Neil Gaiman tem imaginação suficiente para focar a minha atenção e, felizmente, consegue organizar essa imaginação com palavras bem colocadas.

Categorias:
Uma criação de Jorge às 09:39
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (8) |
Domingo, 20 de Janeiro de 2008

BANG! #3

Venho publicamente apoiar a divulgação da literatura fantástica.

Basta carregarem aqui para acederem à revista "Bang!" 3.

Experimentem porque:
- Tem contos
- Ensaios
- É de graça


"Queremos levar a literatura fantástica ao maior número possível de pessoas, apresentar autores incontornáveis do género, dar voz aos autores portugueses mais consagrados... e, em última instância, dar a conhecer novas vozes nacionais dentro do género."

Luís Corte Real, Editorial in "Bang! #3"
Categorias:
Uma criação de Jorge às 04:01
Link do Post | Comentar |
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Leituras em dia

O meu trajecto no mundo das leituras começou com histórias da Walt Disney, julgo que com o Tio Patinhas. Depois passei para o Homem-Aranha e todos os outros heróis da Marvel. Aos 10 anos gostava de escrever pequenos parágrafos com possíveis histórias e ler tudo o que conseguia sobre Mitologias (o grande foco de atenção era a Mitologia Grega). Felizmente, tenho uma biblioteca perto de casa, comecei a passear por lá só para ver livros. Aos 13 anos marquei um objectivo: ler "O Senhor dos Anéis". Demorei quase um ano mas consegui. Quando dei por mim, aos 16 lia tudo o que me parava nas mãos, e fiquei preso a este hábito. Agora com 26 anos considero que ter aprendido a ler e desenvolvido o hábito pela leitura foi um dos trajectos mais importante que alguma vez fiz.

 

Continuo apaixonado por banda desenhada e tenho uma grande vontade de contar histórias. É uma questão de tempo até começar a publicar (em formatos diferentes).

 

Que livro está aqui comigo? "As mentiras no Divã", escrito por Irvin D. Yalom, é um mais um romance da Saída de Emergência que me chamou à atenção. Um romance em redor do mundo da psicoterapia e dos seus limites éticos, o livro que me tem acompanhado ao longo das (intermináveis) viagens de metro.

 

Para quem gosta de banda desenhada (BD), há sempre uma série de recomendações e críticas no Outro Lado dos Comics (projecto no qual também participo). Deixem os preconceitos de parte, no formato BD encontraram muitos textos literários de excelente qualidade. Quem disser que BD é para crianças desconhece inteiramente um vasto universo literário.

Categorias: ,
Uma criação de Jorge às 09:58
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (4) |
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

O Dumbledore é Gay?!

Foi a autora da saga "Harry Potter", J.K. Rowling, que o disse. E assim levantou nova polémica em torno da obra. Já foi acusada de tentar dar um nível de complexidade às personagens que não é espelhado nas suas obras (por Ross Douthat).

No seu blog, o autor Neil Gaiman escreveu que o comentário de Ross só mostra que ele não escrevia ficção, pois o autor sabe sempre mais da personagem do que aquilo que é colocado em papel (e fala dos muitos motivos para isto, necessidade de cortar partes da história ou simplesmente porque é irrelevante.

A Rowling fez este comentário na sequência de uma pergunta colocada por um fã. Que relevância esta informação teria para a história? Seria apenas para vender. Quanto a ser polémica, só tenho a dizer: é estúpido, não tem de ser polémica nenhuma.
Categorias:
Uma criação de Jorge às 12:53
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (1) |
Sábado, 6 de Outubro de 2007

A constipação do estudo

Andei às voltas com alguns textos fotocopiados, daqueles que guardei para um dia mais tarde. Nada como perder tempo com alguma leitura técnica, aliás é tudo menos perder tempo. Sempre gostei de estudar, lançar-me para um tema caótico, compreender as bases, estruturar a informação, relacionar ideias, sintetizar e por aí fora.

Parei para fazer isso num fim de semana prolongado apenas porque fiquei constipado e não me apetecia andar por essa paisagem com uma mão cheia de lenços de papel (sim, eu sei que há o World of Warcraft mas jogar não pode ser tudo na vida).



Tive a oportunidade de começar a ler a "Introdução à metodologia da ciência" de Javier Escheverría. Confesso que é um pouco mais denso do que pensava (ou talvez fosse da constipação), mesmo assim está a ser interessante.

Em termos de leitura não-técnica ando com "O pecado de Darwin" (de John Darnton) e "A conspiração dos antepassados" (de David Soares). Inicialmente atraíram-me os dois mas com o desenvolver da leitura estou a perder interesse em ambos (mesmo assim o do David Soares está a prender-me mais, tem muitas ideias boas). A meu ver muita da literatura esquece-se de estimular o nosso ritmo de leitura. Mas quando escrevemos devemos deixar o nosso material encontrar público? Ou pensar no público quando escrevemos?

Dois autores cujos trabalhos tenho o hábito de devorar: Neil Gaiman e Oscar Wilde. Porque cada linha parece que vale a pena ser saboreada. E vocês o que gostam de ler? Ou de escrever?
Categorias:
Uma criação de Jorge às 13:04
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (6) |
Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

Pela estante fora

Esta manhã perdi-me nas minhas estantes de livros, "qual de vocês é que vai passear comigo?". Gosto de voltar a ler livros que adorei, porque a cada nova leitura nasce algo novo na visão que temos da obra. É voltar a saborear uma ideia com a qual tivemos uma afinidade inicial.



É verdade que poderia dedicar-me a pegar em livros novos mas neste momento apetece-me procurar novas perspectivas dentro do material literário que já me conquistou algures no passado. A escolha de hoje caiu na banda desenhada Moonshadow.
Categorias:
Uma criação de Jorge às 08:53
Link do Post | Comentar |
Domingo, 5 de Agosto de 2007

World Of Warcraft - Comic

É já em Novembro...

Categorias:
Uma criação de Jorge às 12:26
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (1) |
Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Harry Potter and the Deathly Hallows

Faltam dois dias para a versão inglesa do último livro do Harry Potter chegar ao mercado, e espera-se que seja realmente o último (porque assim ficamos com todas as pontas soltas resolvidas e poderemos apreciar melhor toda a obra).

Ao longo destes anos, Harry Potter tem sido um vencedor nas obras de fantasia (tanto despertou amores como ódios, há quem devore os livros e há quem prometa nunca os ler), mas ninguém nos países ocidentais ignorou este fenómeno. Alcança diferentes faixas etárias, reúne fãs às portas das lojas para alcançarem uma cópia do livro, move pessoas para o cinema, promove grandes discussões nos fóruns de internet e conquista muitos admiradores.



Julgo que foi no ano 2000 que li "Harry Potter e a Pedra Filosofal", desde então  li a série toda. Obviamente que sábado de manhã vou procurar comprar o livro e sentar-me a ler este capítulo final. Como sabem, depois comentarei o mesmo.


 INFORMAÇÃO
"A edição em português de «Harry Potter and the Deathly Hallows» só estará nas bancas em Outubro, sob a chancela da Presença (ainda sem título), mas isso não diminuirá a expectativa dos leitores, tanto mais que a autora, Johanne Kathleen Rowling, decidiu matar duas personagens, naturalmente sem dizer quais." Diário Digital

Tudo indica que Fnac, Bertrand e Livraria Bulhosa vão abrir à meia-noite de sexta-feira para comprar o livro. É já no dia 21.
Sinto-me:
Categorias:
Uma criação de Jorge às 07:19
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (2) |
badge

subscrever feeds

Ideias Recentes

"Os Pilares da Terra" (o ...

História Interminável

The Graveyard Book

BANG! #3

Leituras em dia

O Dumbledore é Gay?!

A constipação do estudo

Pela estante fora

World Of Warcraft - Comic

Harry Potter and the Deat...

Categorias

bem-estar(1)

blogue(24)

bushido(43)

caminha(1)

empresa(9)

férias(2)

ficção(10)

filmes(9)

humor(10)

livros(12)

mac(4)

midnight(2)

minho(3)

música(4)

podcast(2)

sapo(2)

séries(4)

vida social(54)

wii(2)

wow(8)

todas as tags

Links

Material Fora de Cena

Julho 2011

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Pesquisar neste Blog

 
blogs SAPO