Quinta-feira, 5 de Outubro de 2006

Reflexão ao fim de um dia como outro qualquer

Os dias realmente passam a uma velocidade intensa, no fim de cada um deles lá consigo respirar fundo para fazer uma manutenção consciente do que se tem passado. Podem ser 10 ou 20 minutos, mas sou menino para parar e pensar sobre a minha vida. Algumas vezes até coloco isso por escrito em folhas que escondo numa gaveta ou então coloco num blog onde qualquer pessoa o poderá ler.



Foi ontem que notei algo engraçado, durante anos tenho vindo a planear a simplificação dos meus dias, refiro-me a viver de forma mais descontraída, a precisar de menos para me sentir bem, desenvolver novas aptidões e dormir descansado; a parte curiosa é que precisei de ficar desempregado, viajar 400 km, mudar de casa (e de hábitos) e…

ABRACADABRA


...de simples projecto passou a fazer parte da minha vida (sem eu ter muita consciência da mudança).
Uma criação de Jorge às 09:49
Link do Post | Comentar |
badge

subscrever feeds

Ideias Recentes

There are four Walt Disne...

...

Hora de Hibernar

Body Balance

Finalmente uma data...

Em Forma...

2 canções de (quase) Amor

Bla Bla Bla... Espera iss...

Simples, não d&aac...

Google Chrome

Categorias

bem-estar(1)

blogue(24)

bushido(43)

caminha(1)

empresa(9)

férias(2)

ficção(10)

filmes(9)

humor(10)

livros(12)

mac(4)

midnight(2)

minho(3)

música(4)

podcast(2)

sapo(2)

séries(4)

vida social(54)

wii(2)

wow(8)

todas as tags

Links

Material Fora de Cena

Julho 2011

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Pesquisar neste Blog

 
blogs SAPO