Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Stardust

"Parte e apanha uma estrela cadente..." - John Donne

Acordei com vontade de rever o Stardust, o filme (até à data) que melhor adapta o espírito do Neil Gaiman ao grande ecrã (Beowulf e Mirrormask não conseguiram). Atenção que não estou a dizer que é uma versão do livro religiosamente colocada em filme, mas capta o essencial da magia da obra e tem a sua própria voz.

Já falei do filme anteriormente neste blogue e não sei se estou a ser coerente com o que escrevi antes, mas também não estou muito preocupado com isso.


Fica então aqui o tema dos créditos com imagens do filme...



"You light the skies, up above me
A star, so bright, you blind me, yeah
Don’t close your eyes
Don’t fade away, don’t fade away..."
Categorias:
Uma criação de Jorge às 11:33
Link do Post | Comentar |
badge

subscrever feeds

Ideias Recentes

There are four Walt Disne...

...

Hora de Hibernar

Body Balance

Finalmente uma data...

Em Forma...

2 canções de (quase) Amor

Bla Bla Bla... Espera iss...

Simples, não d&aac...

Google Chrome

Categorias

bem-estar(1)

blogue(24)

bushido(43)

caminha(1)

empresa(9)

férias(2)

ficção(10)

filmes(9)

humor(10)

livros(12)

mac(4)

midnight(2)

minho(3)

música(4)

podcast(2)

sapo(2)

séries(4)

vida social(54)

wii(2)

wow(8)

todas as tags

Links

Material Fora de Cena

Julho 2011

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Pesquisar neste Blog

 
blogs SAPO