Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007

Que mão embala o mundo enquanto estamos aqui a chorar?

Tivemos de abrir um espaço pelas brumas, cada vez é mais complicado chegarmos a Avalon. Queríamos acordar o nosso Rei ali jazido, mas sem acordar a ira da sua irmã. Ouvia com intensidade a tua respiração e o meu bater de coração, pensei que ía desmaiar com toda aquela tensão. Se feiticeira nos tivesse descoberto nunca mais veríamos o Sol da nossa terra.

Por mais de duas horas lá procurámos o nosso Rei, e com muita dor temos de admitir que talvez Artur tenha realmente morrido. O que será das gerações futuras? Que outro homem vai unir os povos?



Uma sensação de desespero cresce, vontade de baixar as armas, um soluçar de choro... depois disso a calma. E é daqui que um dia poderá brotar uma pontinha de esperança. Mas não hoje, pois a morte de Artur ainda está nos nossos corações e ele foi o mais nobre de todos os que existiram.

Entretanto, o mundo continua a girar...
Categorias:
Uma criação de Jorge às 00:23
Link do Post | Comentar |
1 comentário:
De yin a 24 de Agosto de 2007 às 14:11
Não faz mal...a esperança é a última a morrer. Aliás, a esperança nunca morre, ficou guardada na caixa de Pandora.

Comentar post

badge

subscrever feeds

Ideias Recentes

There are four Walt Disne...

...

Hora de Hibernar

Body Balance

Finalmente uma data...

Em Forma...

2 canções de (quase) Amor

Bla Bla Bla... Espera iss...

Simples, não d&aac...

Google Chrome

Categorias

bem-estar(1)

blogue(24)

bushido(43)

caminha(1)

empresa(9)

férias(2)

ficção(10)

filmes(9)

humor(10)

livros(12)

mac(4)

midnight(2)

minho(3)

música(4)

podcast(2)

sapo(2)

séries(4)

vida social(54)

wii(2)

wow(8)

todas as tags

Links

Material Fora de Cena

Julho 2011

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Pesquisar neste Blog

 
blogs SAPO