Terça-feira, 17 de Julho de 2007

Fora de Horas

18h30, perto da hora de saída, o trabalhador tenta escapar às regras opressivas de acesso à internet e consegue aceder à edição do seu blogue. De vez em quando, muda bruscamente de separador activo no browser para a sua acção não ser descoberta. O risco é muito grande e a punição para tal acto é um acto público de humilhação.

 

Mesmo assim o nosso bloguer corajoso arrisca, apenas pelo prazer de partilhar um post fora das horas habituais de publicação. Um blogue é um compromisso com um grupo de leitores que não conhecemos, defendo que devemos ser cuidadosos com a frequência de actualização do espaço (não vamos deixar que umas quantas regras laborais nos impeçam, correcto?).

 

A banda sonora do momento é o som estonteante do fax e da fotocopiadora (aquele tipo de som que não fazemos o download no emule). Ainda não foi aceite a minha sugestão de uma pequena rádio local a animar os nossos dias.

 

O telefone toca e eu, feito homem de negócios, convido a pessoa a entrar no mundo empresarial. Demonstro-lhe que somos uns tipos porreiros, com bons produtos e serviços (que beneficiam a qualidade de vida das pessoas e permite uma melhor inserção social, pelo menos é nisso que acredito). Vendo ideias (e como bem sabemos, "ideias são à prova de balas).

 

De momento, o telefone não toca e eu olho para a vida no outro lado da janela. Carros, pessoas e ocasionais pássaros entram no meu campo de visão. Hoje o tempo tarda em passar, tenho muito para fazer mas são coisas que não dependem apenas de mim (por isso aprendo a esperar).

 

Pouco depois das 19h, conto em entrar no metro e fazer todo o percurso até casa. Aí sim, mergulhar na minha escrita (esta semana vou reduzir as saídas à noite e tentar regular o sono). Curiosamente, senti-me bem em escrever este post (não tem nada de extraordinário, mas soube bem escrevê-lo... a ver se também é bom para quem lê e comenta).

 

Nota: Criei assim um novo tipo de post a que associei a tag "empresa" (em homenagem ao "The Office").

Sinto-me: um bicho do mato
Categorias:
Uma criação de Jorge às 17:45
Link do Post | Comentar |
badge

subscrever feeds

Ideias Recentes

There are four Walt Disne...

...

Hora de Hibernar

Body Balance

Finalmente uma data...

Em Forma...

2 canções de (quase) Amor

Bla Bla Bla... Espera iss...

Simples, não d&aac...

Google Chrome

Categorias

bem-estar(1)

blogue(24)

bushido(43)

caminha(1)

empresa(9)

férias(2)

ficção(10)

filmes(9)

humor(10)

livros(12)

mac(4)

midnight(2)

minho(3)

música(4)

podcast(2)

sapo(2)

séries(4)

vida social(54)

wii(2)

wow(8)

todas as tags

Links

Material Fora de Cena

Julho 2011

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Pesquisar neste Blog

 
blogs SAPO