Domingo, 8 de Abril de 2007

Um dia vais morrer e ninguém vai saber

Vai haver um dia em que o sol vai amanhecer e tu já não vais estar cá para o ver. Puro e duro: não vais mesmo ver mais nada.

Nem sorrir, nem cantar, nem amar, nem correr, nem ter de aturar parvoíces... A minha filosofia é que devemos aproveitar a vida enquanto estamos vivos; desconheço se existe Deus ou alguma forma de reencarnação; sei que existe a morte, é garantido, cada dia que passa está mais perto.

Até ao último suspiro, gostaria que momento fosse de entrega total à vida.
Categorias:
Uma criação de Jorge às 23:18
Link do Post | Comentar |
badge

subscrever feeds

Ideias Recentes

There are four Walt Disne...

...

Hora de Hibernar

Body Balance

Finalmente uma data...

Em Forma...

2 canções de (quase) Amor

Bla Bla Bla... Espera iss...

Simples, não d&aac...

Google Chrome

Categorias

bem-estar(1)

blogue(24)

bushido(43)

caminha(1)

empresa(9)

férias(2)

ficção(10)

filmes(9)

humor(10)

livros(12)

mac(4)

midnight(2)

minho(3)

música(4)

podcast(2)

sapo(2)

séries(4)

vida social(54)

wii(2)

wow(8)

todas as tags

Links

Material Fora de Cena

Julho 2011

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Pesquisar neste Blog

 
blogs SAPO